Parque Tecnológico

O maior complexo de inovação e empreendedorismo do Brasil

Um ambiente de convergência, voltado para a competitividade e o desenvolvimento sustentado – assim é o Parque Tecnológico São José dos Campos, que abriga em sua estrutura, seus programas e projetos três incubadoras de empresa, quatro centros empresariais, dois Arranjos Produtivos Locais (APL), cinco centros de desenvolvimento tecnológico, três laboratórios multiusuários, um escritório de negócios, seis universidades parceiras e três galerias do empreendedor. 

Coerentemente com as características da cidade, o Parque Tecnológico abriga importantes empresas do setor aeroespacial. Contudo, não se trata de um parque temático: há empresas de vários segmentos da economia, como automotivo, energia, óleo e gás, saúde, têxtil, TIC e transporte, entre outros.

Conheça o Parque Tecnológico em www.pqtec.org.br

+ 300 empresas e instituições

• 60 empresas residentes
• 32 empresas incubadas
• 120 empresas associadas ao APL Aeroespacial e Defesa
• 70 associadas ao APL TIC Vale
• 30 microempresas nas Galerias do Empreendedor

+Convênios

Possui contratos e convênios para parcerias e subsídios com Finep, APEX, ABDI, Sebrae, SDECTI/SP, BNDES. E, tem acordos de cooperação firmados com os clusters aeroespaciais do Canadá, da Suécia, da Inglaterra, da Holanda, além de dois parques tecnológicos e instituições governamentais chinesas.

+Espaço

A área do núcleo soma 188 mil metros quadrados, que é a parte central da área do projeto Zona Especial Parque Tecnológico com total de 2.500 hectares. A área construída não para de crescer, com a permanente edificação de novos prédios para abrigar empresas, laboratórios e universidades.

+Invetimentos

Desde sua criação, o Parque reuniu investimentos que somam R$ 1,89 bilhão. Os recursos públicos (R$ 460 milhões) são oriundos de fontes do governo municipal de São José dos Campos, do governo do Estado de São Paulo e do governo federal. Os investimentos privados foram de R$ 1,4 bilhão.