Uso de veículos autônomos para otimização da última milha do varejo online

Tecnologias autônomas estão transformando a experiência dos consumidores

O processo de compra, dentro dos sites e aplicativos, tem se tornado cada vez mais simples, sendo um dos fatores influenciadores para o crescimento das vendas online. De acordo com o Relatório Webshoppers, principal relatório sobre e-commerce do país, em 2019 foram registradas 148 milhões de compras online no Brasil, um aumento de 20% em comparação com o ano anterior.

Se por um lado as pessoas têm comprado mais, por outro estão se tornando consumidores online maduros, elevando suas expectativas com relação à experiência de compra, incluindo especialmente a entrega dos produtos.

O processo logístico que envolve o transporte de produtos do centro de distribuição até o destinatário, é chamado de last mile ou última milha, um grande desafio aos varejistas, que podem sofrer reflexos dos problemas de infraestrutura, logística e escoamento das grandes cidades.

Ainda de acordo com o Relatório Webshoppers, no ano passado, 17% das compras online não chegaram no prazo estipulado no estado de São Paulo, o que gera frustração e consequentemente diminui as chances de uma nova transação, impactando diretamente na receita da empresa em longo prazo.

A última milha é uma oportunidade para as companhias se reinventarem com o uso de tecnologias autônomas, oferecendo preços competitivos, reduzindo custos e melhorando a performance logística.

Diversas empresas estão testando maneiras de realizar entregas autônomas. A Allied Market Research, empresa de consultoria e pesquisa, estima que o mercado de entrega autônoma de última milha atingirá US$ 75 bilhões até 2030.

No Brasil, o iFood está testando, em um shopping de São Paulo, a entrega autônoma de produtos por meio da ADA, um robô elétrico autônomo. Inicialmente estão utilizando a solução para levar os produtos da praça de alimentação aos entregadores humanos. Posteriormente será testada a última etapa da entrega, que compreende em receber o pedido pelo entregador e deslocá-lo até o consumidor dentro de grandes condomínios residenciais.

A Yandex, empresa de tecnologia Russa, começou a testar um robô de entregas autônomas para pequenas cargas. O Yandex.Rover é equipado com seis rodas e pode navegar a partir de rotas pré-definidas pelas calçadas, na velocidade de um pedestre.

Já a Pony.ai, empresa de mobilidade, fechou parceria com o e-commerce Yamibuy para realizar as entregas por meio de um veículo autônomo pela cidade californiana de Irvine.

Venha conhecer as tendências das tecnologias autônomas na 7ª RM VALE TI – Feira e Congresso de Tecnologia e Inovação que será realizada pelo Parque Tecnológico São José dos Campos.

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email